Alexander McQueen e a Puma

pumamcqueen.jpeg

 

E já que estávamos falando de grandes estilistas em grandes marcas esportivas, vale, e muito, lembrar aqui a atuação de Alexander McQueen na Puma. O estilista britânico, que estreou nas passarelas de Paris em 2001, deixou a sua contribuição para os amantes das grifes esportivas quando, em 2005, lançou uma linha de tênis em parceria com a Puma. A partir daí, a colaboração de McQueen passou a ser constante, garantindo aos produtos Puma um caráter inovador e ajudando a trazer a marca para o terceiro lugar do ranking do mercado de sportwear. Hoje ter Puma é um verdadeiro luxo!

A linha que nasceu da colaboração entre a Puma e McQueen recebeu o nome de The ManCat e foi inspirada na fusão entre homem/animal e na anatomia do pé, os ossos, as digitais, etc. The ManCat também virou uma exposição com fotos de Nick Knight atraindo todos os fashionistas durante a Semana de Moda de Milão de 2006.

Para conhecer as novidades criadas por McQueen para a Puma, basta acessar http://alexandermcqueen.puma.com.

Origens – Puma e Adidas são marcas rivais desde o nascimento. Em 1948, dois irmãos sócios de uma empresa de calçados, no Sul da Alemanha, que já tinha certa notabilidade, tiveram um desentendimento, separando os negócios e indo cada um para o seu lado. Assim, um deles (Rudolf Dassler) fundou a Puma e o outro (Adi Dassler), a Adidas, lojas que passaram a funcionar na mesma rua. A partir daí viraram concorrentes mortais em vários esportes, principalmente no futebol.

Curiosidade – Sobre a rivalidade entre as duas marcas, a nossa única leitora deixou um comentário bem interessante que vale deixar aqui:

“Tem até o caso famoso de Pelé. Dizem que ele mesmo patrocinado pela Puma usava Adidas, pois achava a Puma apertada. Puma ou Adidas? Como não se adaptou à nova chuteira, Pelé continuou a usar a Adidas, mas pintou de preto as três listras e pôs no lugar a tarja branca da concorrente. ‘Levei as chuteiras Puma ao Pelé, na concentração, ele as experimentou mas achou muito apertadas no bico’, diz Heningsen. O jeito foi falsear o par já combalido pelo tempo, por passes e gols, mais de mil deles. ‘Pelé usou uma, fingindo que era a outra’, ri Heningsen, que é jornalista espanhol e representante da Puma na América Latina a época. (trecho da Isto é Dinheiro de 22/02/96)”.

Postado por Roberta Holder

Anúncios

2 Respostas para “Alexander McQueen e a Puma

  1. Joana Rodrigues

    Parabés pelo site!

    Adorei ver a grande briga logo no começo do site. Engraçado é que puma e adidas têm a mesma origem, mas hoje são completamente diferentes.

  2. Ola,sou logista e gostaria de ter a marca puma na minha loja…onde encontro,sou do interior de SP..a procura e muito grande na minha loja,por favor se puder me ajudar muito obrigado…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s